fbpx

Finanças

Gestão Empresarial: cuidar das finanças em tempo de crise

Redação FoxManager
Escrito por Redação FoxManager em 11/11/2020
Gestão Empresarial: cuidar das finanças em tempo de crise

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você sabe o que deve fazer para cuidar das finanças em tempo de crise e evitar uma possível falência?

Em um cenário de crise econômica, muitas empresas se veem obrigadas a fechar as portas por não ter como continuar pagando os custos de se manter uma empresa aberta. 

Pois, infelizmente, a crise afeta diretamente, principalmente, pequenos negócios que não tem muita economia em caixa. 

Mas, existem diversas atitudes que você pode tomar para se proteger em um momento de crise e preservar a sua lucratividade.

Para equilibrar o fluxo de caixa, você deve adotar ferramentas de gestão empresarial e estratégias para saber onde economizar e onde investir. 

É muito importante entender como a crise afeta a sua empresa e o que você deve fazer para não deixar que acabe com você.

Então, continue lendo esse artigo para ver todas as dicas sobre como cuidar das finanças em tempo de crise

Como a crise econômica atinge as empresas

 Infelizmente, muitas empresas são diretamente afetadas por crises econômicas e devem se preparar para esse cenário, para evitar a falência

Mas, antes de mais nada, é preciso entender como a crise afeta a sua empresa, para saber então o que você pode fazer para diminuir ao máximo esse efeito negativo que ela terá sobre os seus negócios. 

Quando estamos em uma crise financeira, a tendência é que as pessoas reduzam o consumo para economizar dinheiro e, com isso, as empresas saem no prejuízo

Uma das coisas que mais afetam as finanças das empresas em tempo de crise é o fluxo de caixa, sendo responsável por fechar muitos negócios no Brasil. 

A crise econômica obriga o cliente a gastar menos e por consequência empresas faturam menos
Redação FoxManager | Blog FoxManager | Conteúdo relevante e dicas para a gestão do seu negócio A crise econômica obriga o cliente a gastar menos e por consequência empresas faturam menos

Pois, o fluxo de caixa é o que entra e o que sai, em termos de dinheiro, das contas da sua empresa. Ou seja, é o que torna possível o controle das contas e o lucro do negócio. 

Mas, em tempos de crise, como está entrando menos dinheiro, muitas vezes as contas não são pagas como deveriam, tendo problema no pagamento de salários e atraso em contas, correndo risco de endividamento. 

Com isso, o risco de falência aumenta, conforme vai entrando menos dinheiro e as dívidas vão se acumulando.

Afinal, são muitas contas que devemos pagar para manter uma empresa funcionando. É claro que algumas empresas são mais afetadas do que outras, pois depende do tipo de serviço e/ou produto que a empresa oferece. 

Mas, a tendência é que as pessoas comprem menos, busquem menos serviços e economizem dinheiro. 

Em um cenário de crise, um ciclo é criado e a sua empresa deve estar preparada para não entrar no ciclo e acabar falindo. 

Ainda, principalmente se for uma pequena empresa, pois são as que têm menos reserva de caixa e acabam sendo as que vão a falência primeiro. 

Gestão empresarial

 Mas, não se preocupe porque ser uma empresa menor e estar vivendo um cenário de crise não significa que está tudo perdido. 

Pois, você pode aproveitar esse momento. Agora é a hora de melhorar a sua produtividade e buscar otimizar os seus processos, para equilibrar as suas finanças em tempo de crise. 

Mas, como fazer isso? Com uma boa gestão empresarial das suas finanças. Ou seja, você precisa melhorar a sua gestão e a tornar mais eficiente. 

O que é preciso fazer é buscar um equilíbrio de conta sem prejudicar áreas fundamentais para o bom funcionamento do seu negócio. 

Para isso, você pode, e deve, utilizar diversas ferramentas para otimizar a sua gestão empresarial e aumentar a sua lucratividade.

A única forma de seu negócio sobreviver é realizando uma boa gestão empresarial
Redação FoxManager | Blog FoxManager | Conteúdo relevante e dicas para a gestão do seu negócio A única forma de seu negócio sobreviver é realizando uma boa gestão empresarial

Essas ferramentas lhe ajudarão a entender melhor o cenário atual, ou seja, como realmente a sua empresa está se comportando nesse cenário atual de crise. 

Com uma boa análise das suas vendas, você consegue ver e entender como a crise está afetando a sua empresa e todo o seu segmento.

Portanto, além de analisar a sua empresa, esteja antenado no cenário nacional e global também da economia. 

Sendo assim, a primeira dica é investir em bons relatórios gerenciais para você saber o que está funcionando e o que não está, principalmente nesse momento. 

Assim, você poderá aplicar uma gestão empresarial eficiente controlando as suas finanças dando foco ao fluxo de caixa da sua empresa. 

Ao ter um bom controle financeiro da sua empresa, você sabe tudo que entra e tudo que sai, podendo melhorar os processos e fazer tudo que for necessário para equilibrar o fluxo. 

Com isso, olhar os seus processos internos e os seus relatórios é o que uma boa gestão empresarial precisa para preservar a sua lucratividade e cuidar das finanças em tempo de crise. 

Preservar a lucratividade

 Antes de mais nada, é importante entender que o seu objetivo em tempos de crise não é lucrar e sim equilibrar as contas. 

Tenha em mente que é um momento passageiro e que você deve fazer o que for necessário para manter o seu negócio funcionando.

E para isso, você precisa preservar a sua lucratividade. Pois, caso não tenha lucro, ficará difícil sobreviver. 

Afinal, as contas não param de chegar. Por isso, é muito importante você adotar medidas que irão lhe ajudar a preservar a lucratividade da sua empresa, como ferramentas de gestão. 

Primeiro, uma excelente maneira de preservar os seus lucros é cortando gastos. Assim, mesmo que o seu número de venda diminua, o excedente se manterá mais ou menos o mesmo.

Então, esse deve ser o seu objetivo. Claro, você deve também aproveitar para inovar e tentar se destacar nesse momento, mas isso não é muito fácil. 

Por isso, cortar os curtos é uma excelente maneira de preservar a lucratividade da empresa sendo uma forma de gestão empresarial. 

Portanto, analise bem os seus custos e veja o que dá para cortar. Uma dica é economizar nas contas de água e de energia.

Economize nos custos fixos da empresa como água e energia elétrica
Redação FoxManager | Blog FoxManager | Conteúdo relevante e dicas para a gestão do seu negócio Economize nos custos fixos da empresa como água e energia elétrica

Ainda, os seus fornecedores devem ser revisitados. Analise bem, será que tem como reduzir os gastos com fornecedores? Se sim, faça isso. 

Também, sabe aqueles mimos que os seus funcionários recebem? Apesar de serem importantes para a produtividade, se tiver como cortar, é uma boa opção, explicando aos funcionários os motivos, eles entenderão.

Além disso, outras mudanças são bem-vindas, como por exemplo uma redução no estoque. Nesse momento, você não precisa mais ter um estoque enorme.

Por isso, foque nos produtos que trazem o maior lucro para você e reduza a quantidade em estoque dos demais.

Ferramentas de Gestão

 Para gerir bem as suas finanças em tempos de crise e preservar a sua lucratividade, como foi dito anteriormente, é preciso utilizar ferramentas de gestão empresarial para otimizar o processo. 

Então, antes de mais nada você precisa utilizar ferramentas e softwares para realizar os seus relatórios gerenciais, que talvez sejam a sua principal ferramenta para gerir o seu negócio.

Portanto, utilize ferramentas APIs que integram diferentes plataformas e sistemas, tornando possível que você obtenha dados completos e tenha um funcionamento eficiente. 

Assim, com os relatórios, tanto de fluxo de caixa, quanto de produtividade, de cliente, entre outros, você deve fazer um plano de ação. 

Ou seja, um planejamento, tomando decisões de acordo com as informações e dados concretos que você obteve. 

Dessa maneira, você irá definir as suas prioridades, focando naquilo que melhor funciona para a sua empresa em tempos de crise.

Além disso, algumas ferramentas de gestão empresarial podem lhe auxiliar na organização das suas tarefas, como por exemplo o Trello. 

Portanto, utilize alguma ferramenta, unificada com os demais funcionários da empresa, que organize as tarefas e otimize o trabalho de todos. 

Ainda, como estamos falando em finanças em tempos de crise, é preciso haver uma gestão empresarial de riscos. Para isso, algumas ferramentas podem ajudar, como por exemplo: 

Análise dos Modos de Falha e Seus Efeitos (FMEA): Ferramenta que identifica os possíveis erros do processo produtivo, ou seja, os riscos em potencial, sendo importante para minimizar os riscos e otimizar o processo. 

Diagrama de Pareto: É uma ferramenta de gestão de qualidade, por identificar bem de onde estão vindo os problemas na empresa, identificando a frequência de cada problema.

Cortex Crisis Intelligence: Essa é uma ferramenta essencial para o momento que vivemos, pois ajuda no monitoramento de tendências, mostrando as principais ações de empresas do mesmo ramo.

Conclusão

 Então, agora você sabe tudo sobre como fazer uma boa gestão empresarial das suas finanças em tempo de crise. 

O importante é você saber analisar as suas finanças, saber o que entra e o que sai e onde você pode economizar. 

Com a construção de bons relatórios, utilizando ferramentas e dados da sua empresa, você consegue identificar as falhas e onde você deve melhorar. 

Assim, você sabe quais áreas você pode cortar e quais você deve focar para manter a lucratividade da sua empresa e não ser obrigado a decretar falência. 

Além disso, é bom fazer uma boa gestão de risco. É muito importante e estar antenado sobre o que está acontecendo fora da sua empresa, pois isso a afeta. 

Com isso, observar o que os seus concorrentes estão fazendo também é uma maneira de entender como você pode inovar e se destacar. E ai, esse artigo do Blog FoxManager foi útil para você? Se sim, deixe aqui seu comentário!

Ei! Comente.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade