fbpx

Financeiro

Fluxo de caixa na sua empresa - que é e como fazer

Redação FoxManager
Escrito por Redação FoxManager em 01/08/2018
Fluxo de caixa na sua empresa - que é e como fazer

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Saber o que é fluxo de caixa é ser capaz de ter uma noção geral do cenário financeiro da empresa, e não manter o foco somente nos recebimentos, ou seja na entrada de dinheiro após o pagamento feito pelos clientes. Dessa forma, você corre menos riscos de ter uma visão distorcida sobre a real situação do seu negócio e passa a organizá-lo melhor.

Para entender bem sobre o que é e como fazer fluxo de caixa é importante conhecer também sobre outros temas relacionados ao assunto, entre eles:

Então, descubra agora mesmo o que é fluxo de caixa e como ele pode ser suficiente para ajudar você a manter o controle do seu empreendimento. Vamos lá?

Fluxo de caixa: o que é

O fluxo de caixa funciona é uma ferramenta para análise de toda a movimentação financeira da sua empresa em um espaço determinado de tempo.

Tem como objetivo apurar os valores de saldos disponíveis no caixa e prever os saldos futuros, a fim de manter sempre um capital de giro disponível para as mais diversas situações.

O controle do fluxo de caixa pode acontecer no dia-a-dia, de forma semanal ou até mensal, de acordo com as necessidades da empresa.

Para este registro é preciso ter em mãos todos os dados sobre qualquer movimentação financeira referente a entrada e saída de dinheiro, junto com os registros dessa ação, como boletos e comprovantes. Devem ser incluídas todas as movimentações, inclusive as de valores pequenos e parceladas para que a análise seja exata.

Esse levantamento para o fluxo de caixa é uma ação indispensável, para que sua empresa tenha uma base para sua gestão financeira.

Quando você realiza o fluxo de caixa de forma periódica, você consegue ter uma visão mais ampla e real de como estão indo os seus negócios naquele momento, dando um melhor direcionamento futuro e consegue identificar se suas ações, como alguma parceria ou novo contrato por exemplo, tiveram bons resultados.

A falta de controle no fluxo de caixa pode levar as empresas a assinarem contratos ruins e ficar com parcerias pouco rentáveis por anos por exemplo, além de perderem dinheiro por não terem um controle real sobre os lucros da empresa.

Dica

Além de gerir o fluxo de caixa, empresários precisam emitir notas fiscais, boletos e ordens de serviço, além de fazer a gestão contábil, fiscal e de estoque. É muita coisa, não?

Para facilitar a vida dos empresários existe o ERP. Um software online cheio de funcionalidades.

O mais completo ERP online do mercado tem plano grátis e funcionalidades para todos tipos de empresas. Conheça no link.

Benefícios do fluxo de caixa

Você já deve ter percebido que o controle de fluxo de caixa é uma atividade vital em qualquer empresa e que só favorece o seu negócio.

Controle financeiro é necessário em empresas de qualquer tamanho
Redação FoxManager | Blog FoxManager | Conteúdo relevante e dicas para a gestão do seu negócio Controle financeiro é necessário em empresas de qualquer tamanho

São vários os benefícios proporcionados em manter um fluxo de caixa estruturado. Veremos alguns.

– Planejamento

Um dos principais benefícios do fluxo de caixa é o planejamento final de contas, despesas e investimentos.

Isso acontece porque com esse controle, você consegue avaliar melhor as decisões que foram tomadas e avaliar os recursos para que as decisões futuras sejam mais acertadas.

O fluxo de caixa abre a possibilidade de você começar a investir em novas possibilidades com menos riscos e também a ter uma noção concreta de como serão os próximos meses.

– Recebidos

Com o fluxo de caixa, você consegue identificar quais produtos e serviços estão tendo maior demanda e rentabilidade e poderá definir sua próxima estratégia para crescimento de vendas com base nessas informações, investindo no marketing dos produtos mais vendidos por exemplo, e eliminando se necessário aquele que não tem a procura estimada.

Dessa forma, você consegue avaliar melhor todos os produtos e serviços e planejar ações para melhorar esse negócio.

– Gastos  

Quando você tem um controle sobre as entradas e saídas de dinheiro da sua empresa, você consegue avaliar melhor os gastos desnecessários e eliminá-los, destinando os recursos aos itens essenciais para o sucesso do negócio.

Além disso, você consegue antecipar algumas decisões referentes a falta de dinheiro e se programar a fim de evitar o declínio dos negócios.

– Empréstimos

Muitas empresas usam o fluxo de caixa como um método de avaliar o melhor momento para solicitar um empréstimo para um investimento específico ou mesmo para superar um momento de crise.

Isso funciona porque com uma análise detalhada do caixa da empresa é possível realizar planejamentos a longo prazo.

Como fazer o fluxo de caixa?

Fazer o fluxo de caixa não é tão difícil, mas requer atenção e cuidado.

Para começar você deve ter o total do saldo disponível em espécie, bancos e afins. Depois é só adicionar as receitas e diminuir as despesas, resultando assim no fluxo de caixa livre, ou seja, total de recursos disponíveis para uso.

Isso significa anotar ou fazer planilhas todos os pagamentos, como aluguéis, salários e impostos, bem como todos os recebimentos

Para a previsão dos meses futuros, podem ser adicionados os valores de venda e compras a prazo, cheques, duplicatas e afins, para que possam ser apuradas as estimativas.

Para facilitar essa tarefa diária, siga sempre alguns passos simples:

  • Anote despesas diariamente, mesmo que seja a compra de um martelo ou fita isolante;
  • Sempre tenha a previsão dos pagamentos e evite pagar juros com contas vencidas;
  • Faça uma análise diária do valor de entrada e saída da empresa;
  • Estude contratos e investimentos antes de tomar qualquer decisão;
  • Tenha um fundo de reserva para despesas não planejadas, para evitar uma conta de longo prazo (parcelada).

No início, pode ser um pouco mais complicado devido aos inúmeros boletos, pagamentos e coisas do tipo, número de clientes para recebimento de honorários e afins, porém podem ser encontradas na internet planilhas modelos, bem como há sistemas de gestão financeira simples e baratos que já trazem vários tipos de demonstrativos finais para análise.  

Entretanto, escolha sempre um período fechado para facilitar as contas e tenha em mente que essa é a melhor opção para o seu empreendimento realmente funcionar e você enxergar a real situação financeira da sua empresa.

Na dúvida, procure por um profissional de contabilidade, para facilitar os primeiros passos.

Conclusão  

Agora que você já sabe o que é fluxo de caixa e tem dicas simples para ter seus controles financeiros da empresa, de receitas e despesas de forma fácil, pode começar a controlar com eficiência suas movimentações.

A ideia de estruturar o fluxo de caixa para ter um domínio da gestão financeira é facilitar o seu dia-a-dia e garantir que você tenha os dados necessários para tomar as melhores decisões para a empresa, de acordo com o acompanhamento do caixa da empresa.

Por isso, não deixe para depois e comece a fazer o fluxo de caixa da sua empresa agora mesmo.

Ei! Comente.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade