fbpx

Empreendedorismo

Covid-19: adapte marketing e supply-chain do seu negócio

Redação FoxManager
Escrito por Redação FoxManager em 15/05/2020
Covid-19: adapte marketing e supply-chain do seu negócio

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O surto do novo coronavírus continua provocando forte abalo na economia global. A pandemia trouxe a paralisação das principais atividades econômicas no mundo todo, com impacto significativo nas cadeias de suprimentos e no comércio em geral, por exemplo. É necessário repensar tanto a forma de comunicação com o consumidor quanto seu supply-chain para adaptar-se a essa nova realidade.

O marketing digital para pequenas empresas é uma estratégia que deve estar no planejamento de seu negócio.  A presença da sua empresa no mundo online é essencial para promoção da empresa e ao encontrar o público-alvo certo.

Trabalhe melhor o marketing digital
Redação FoxManager | Blog FoxManager | Conteúdo relevante e dicas para a gestão do seu negócio Se promova utilizando o marketing digital

Supply chain

Este novo cenário é o novo normal para os próximos meses. É importante entender que o consumo teve uma mudança de patamar.

A população está consumindo mais produtos in natura ou para preparar em casa, comprados em supermercados ou em hortifrútis.

As medidas de isolamento social, como alternativa para contenção do vírus, restringiram as idas aos restaurantes, que passaram a atuar no formato delivery.

Canais Online e Marketing Digital

São muitos os recursos do marketing digital à sua disposição para pequenas empresas. Contudo, você deve saber quais são as opções disponíveis no mercado, quais delas se adequam ao seu tipo de trabalho, como isso vai lhe ajudar e entender que os hábitos de consumo mudaram drasticamente.

Por meio de estratégias de vendas, fidelização de clientes, conteúdo, otimização para motores de busca, entre outras opções, empresas conseguem se promover e atingir o seu público-alvo correto.

Ações Mensuráveis

Além disso, a performance de cada ação realizada é mensurável, ou seja, é possível medir os resultados nas campanhas realizadas em mídia paga, display, e-mail marketing, campanhas patrocinadas em redes sociais, etc.

A base do marketing digital começa na definição de objetivos de cada cliente, escolha dos canais mais adequados, assim como conteúdo bem feito, escolha das palavras-chaves corretas e uma força criativa que converta isso em vendas.

Segmentação de público

Você consegue atingir o maior número de pessoas que precisa para ter uma campanha de sucesso, selecionando exatamente o perfil que faz sentido para o seu negócio. Seja uma ação local ou nacional, você consegue detalhar sua segmentação.

Credibilidade

Estratégias de marketing digital para pequenas empresas trazem mais autoridade para as marcas. Quando a presença digital é frequente, a empresa pode ficar mais presente na lembrança do consumidor.

Isso pode acontecer por meio de blogs corporativos, newsletter, marketing de conteúdo, gestão de redes sociais, etc.

Relacionamento com sua Audiência

Vender é importante para qualquer empresa, mas entre os benefícios do marketing digital está também o relacionamento com seu cliente, que pode ser potencializado com estratégias corretas e experiências de fidelização.

Redes sociais

O Facebook, Instagram, Linkedin, Twitter, Pinterest e o Tik Tok são mídias sociais muito presentes na vida de todos hoje em dia. Nelas, é fundamental para o cliente conhecer mais sobre sua empresa para o marketing de relacionamento.

Por meio das mídias sociais é possível entender mais sobre o perfil do seu cliente, suas preferências, dados demográficos, sexo, entre outras características. Desse modo, as mídias sociais são ótimas plataformas para relacionamento com o consumidor e para promover campanhas patrocinadas.

E-mail marketing

As campanhas de e-mail marketing devem estar nas estratégias de marketing para pequenas empresas e, preferencialmente, serem recorrentes. As informações relevantes, chamativas e objetivas são premissas para uma campanha de sucesso.

Para que isso traga mais resultados, possuir listas segmentadas de contato é essencial para que o e-mail marketing atinja quem possa se interessar pelo assunto. Lembre-se que o lead deve ter aceitado receber as suas campanhas e promoções.

Mudanças de Hábitos

Esse novo ambiente faz parte de um quadro de mudanças forçadas nos hábitos de consumo representado no estudo feito pela HSR Researchers. Segundo o relatório, 23,4% da população brasileira já fez compras abastecedoras para estoque de produtos.

Além disso, dos 76,6% que ainda não fizeram, 28% têm intenção de adotar essa medida. E para 24% dos entrevistados, o produto mais procurado para estocagem foi o álcool gel.

Estamos atravessando uma crise e, por esse motivo, não será possível fazer projeções de consumo baseado no histórico de compras. A pandemia trouxe para a realidade das empresas um conflito entre o que as pessoas precisam versus o que existia nos estoques.

Veja por exemplo o infográfico disponibilizado pela HP sobre alguns dados com as mudanças trazidas pela pandemia, de acordo com a Sparks & Honey.

Gráfico de hábitos e consumo divulgado pela HP
Redação FoxManager | Blog FoxManager | Conteúdo relevante e dicas para a gestão do seu negócio

Dinâmica do controle de estoque

Outro fator crítico para qualquer operação comercial do varejo afetado pela crise da covid-19 é a capacidade de armazenamento e as práticas de controle de estoque, por exemplo.

Assim, a alta demanda de alguns produtos em detrimento de outros anteriormente bastante procurados exige adoção do cross-docking, conceito de operação logística que acelera o fluxo de mercadorias, reduz os custos por condensar cargas e, principalmente, dispensa armazenagem.

Toda crise tem seu fim!

Em resumo, as empresas estão assimilando as lições deixadas pela pandemia para desenvolver seus planos de contingenciamento – com adoção de medidas de prevenção, além de repensar seus planos de negócio para se adequarem rapidamente ao atual cenário e se prepararem para o futuro.

Momentos de crise são feitos para se repensar suas estratégias, avaliar a sua jornada até o momento e buscar novas maneiras para atingir o crescimento.

Por fim, esse é o momento para refletir e enxergar novas oportunidades de negócios.

Ei! Comente.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade