Administração

Gestão Empresarial: a culpa é do excel

Redação - FoxManager
Escrito por Redação - FoxManager em 02/03/2020
Gestão Empresarial: a culpa é do excel

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Se você é um pequeno empresário, provavelmente, deve adotar no dia a dia o Excel como ferramenta de gestão. Muitos especialistas defenderão que é melhor você fazer a gestão empresarial dessa forma do que não fazer. Todavia, se almeja resultados maiores, assim como alavancar a competitividade da sua marca, é preciso focar em softwares de gestão mais modernos.

Há inúmeros benefícios que um sistema de gestão mais informatizado e específico traz para uma empresa. Porém, muitos gestores ainda resistem às inovações tecnológicas e preferem fazer uso de métodos mais tradicionais. Esse comportamento, do ponto de vista mercadológico, é vantajoso para quem investe em softwares, uma vez que esses saem na frente da concorrência.

Caso você ainda esteja relutando, confira a seguir alguns motivos para largar de vez o Excel. É hora de apostar em uma ferramenta de gestão mais moderna e eficiente!

As necessidades de mercado mudaram

Nosso velho Excel foi lançado, oficialmente, em 1985 para Mac. Dois anos depois, foi a vez do Windows ganhar uma versão. Ou seja, a realidade das empresas e o contexto de mercado na década de 80 difere muito do atual.

Apesar das atualizações, que o editor de gráficos e tabelas teve em décadas, é importante termos uma perspectiva ampla.

As necessidades e formas de gerenciamento das empresas estão em um contexto no qual o Excel já não é mais capaz de oferecer um retorno satisfatório.

excel graficos gestao
Redação – FoxManager | Blog FoxManager | Conteúdo relevante e dicas para a gestão do seu negócio O uso de excel para complexas tabulações não é mais razoável em empresas de alta performance

Atualmente, ter um sistema para “lançar” dados não pode ser considerado como gerenciar uma empresa.

É necessário algo que pode gerar interpretação de números e relatórios mais direcionados. Mais importante, uma visão estratégica de como esses dados podem ser usados em prol do crescimento da empresa.

Uma empresa não tem margem para erros

Quando falamos de controles financeiros, um simples erro de cálculo, de fórmula ou um número lançado errado pode culminar em resultados negativos e ações desastrosas.

Ao fazer gerenciamento por meio do Excel, a probabilidade de divergências é elevada a pode complicar os negócios.

Mesmo experiente, um empreendedor que tem diversas atribulações, pode cometer uma gafe e errar uma fórmula. Até mesmo informar um valor errado em uma planilha. Erros que levam a resultados imprecisos, que nortearam ações pautadas em algo que não condiz com a realidade.

Por exemplo,mascarar a real saúde financeira da empresa, achando que dispõe de verbas para investimentos, quando, na verdade, a empresa está no vermelho.

Já imaginou o problema que isso pode gerar?

A automação de processos por um softwares de gestão reduzem essa probabilidade a zero.

A produtividade requer meios eficientes de gestão

Você preenche notas fiscais em uma máquina de escrever? Pois bem, se você acha isso coisa de museu, gerenciar a sua empresa por meio de planilhas no Excel está no mesmo caminho.

Se a tecnologia é empregada em inúmeros processos de uma corporação, como emissão de notas fiscais, envio de pedidos, relacionamento com clientes, por que, justamente, na etapa mais estratégica de um negócio, a gestão, empresários ainda resistem a adotar métodos arcaicos de controle?

A produtividade é hoje, um dos indicadores de sucesso de uma empresa. Para tanto, os gestores se empenham em inovar e garantir a satisfação dos consumidores. Todavia, esses resultados dificilmente serão alcançados quando os meios empregados não fornecem subsídios adequados.

Enterprise Resource Planning
Redação FoxManager | Blog FoxManager | Conteúdo relevante e dicas para a gestão do seu negócio Sistema ERP online permite a gestão integrada da empresa; vale conhecer e usar

Planilhas de Excel como ferramenta de gestão também são ineficientes quanto a integração delas com demais programas e departamentos.

Um software de gestão, por exemplo, permite a comunicação com estoque, fornecedores, pedidos, clientes, e demais campos necessários para uma visão macro do negócio.

Por isso, isso pode produzir dados precisos para tomada de decisões estratégicas e eficazes, pautadas em dados concretos.

Finalmente, você deve escolher por uma ferramenta de gestão à altura dos seus sonhos, até onde você quer chegar?

Ei! Comente.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade