fbpx

Estoque

Gestão de estoque mínimo e máximo é fundamental; veja como calcular

Redação FoxManager
Escrito por Redação FoxManager em 08/01/2020
Gestão de estoque mínimo e máximo é fundamental; veja como calcular

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O estoque é fundamental nas empresas que atuam com vendas de produtos. Afinal, controlar o que entra, quanto tempo deve ficar parado e o que sai é crucial para a saúde financeira de um negócio bem sucedido. Por isso, vamos abordar sobre um tópico fundamental nessa etapa da gestão empresarial: as diferenças entre estoque máximo e estoque mínimo. 

Entenda que a gestão de estoque exige estratégia e precisa de atenção. Entre os assuntos relacionados estão: curva ABC, inventário de estoque, inventário cego, código de barras EAN, sistema de gestão ERP, estoque consignado, nota fiscal de entrada

Sendo assim, vamos ao assunto principal deste post: estoque mínimo e máximo.

O que é estoque mínimo 

O chamado estoque mínimo também é conhecido como estoque de segurança, ou de reserva. 

Entretanto podemos definir estoque mínimo como aquela quantidade básica de suficiente para atender um possível aumento de demanda repentino ou eventual desabastecimento ou atraso de fornecedores, uma espécie de reserva mesmo. 

Curva ABC, código de barras, inventário, lote, validade. Sistema online reúne funcionalidades para otimizar gestão de estoque. Conheça e comece a usar grátis.

Então, o principal objetivo do estoque mínimo é garantir que não ocorra desabastecimento. 

Mais abaixo veremos como calcular estoque mínimo. 

O que é estoque máximo 

Já o estoque máximo, como o próprio nome sugere, refere-se ao oposto. 

Embora sejam opostos, ambos são ferramentas de gestão de estoque complementares. 

Entenda, o estoque mínimo visa subir o necessário já o máximo leva em conta o limite para se evitar desperdícios. 

Podemos dizer que o estoque máximo é a soma do estoque mínimo e do lote de reposição necessário por um determinado período.  

Como calcular estoque máximo e mínimo 

Além de saber diferenciar o que é estoque máximo e mínimo, é preciso saber como calcular cada um deles. 

Para isso é preciso aplicar fórmulas bem simples. Tome nota: 

  • Custo médio diário de produto X tempo de reposição = estoque mínimo 

O custo médio diário é resultado da divisão do consumo pelo tempo. Em outras palavras: 60 unidades de uma determinada mercadoria foram vendidas em 1 mês. Para saber seu custo médio diário é preciso fazer a conta:  60/30 = 2.

Agora, para calcular o estoque máximo é preciso usar a fórmula: 

  • Estoque mínimo + lote de reposição = estoque máximo 

Exemplificando, com um estoque mínimo de 60 e lote de reposição de 10 unidades a soma resulta em 70.

Gestão de estoque 

Além de conhecer e saber calcular o estoque mínimo e máximo, há vários outros assuntos muito importantes para qualquer gestor empresarial que precise fazer um controle de estoque efetivo na sua empresa. 

Atenção! É de fundamental importância destacar que o estoque é um setor vital para qualquer empresa. Se ele não funciona corretamente pode ocorrer perda de dinheiro

Agora, imagine um estoque com falta de produtos. Se não há produtos não há vendas. Toda empresa deve saber disso.

Em contraponto, se há excesso de produtos encalhados também há perda de dinheiro. Estrago e encalhe de mercadorias que ocupam espaço significam prejuízos. 

Pensando em tudo isso, é importante que se pesquise e aprenda os conhecimentos necessários para boa gestão. 

Além disso, é crucial deixar de lado velhas técnicas de controle de estoque – ainda manuais e passíveis de falhas – como as antigas planilhas e anotações em cadernos.

Atualmente há sistemas computadorizados que facilitam a gestão de estoque. Há ainda o uso de leitores de códigos de barras, EAN, que facilitam o controle de mercadorias. 

Entretanto, entre os sistemas disponíveis no mercado, há o chamado ERP, um software que integra – além do estoque – outros setores da empresa. de maneira que a gestão empresarial ocorre de forma integrada e em tempo real. 

Além de otimizar o trabalho no estoque, um bom ERP online possui funcionalidades como: emissão de notas fiscais, ordens de serviço, PDV, gestão fiscal e contábil, por exemplo.

ERP online completo e com versão grátis. Conheça agora!

Conclusões de controle de estoque

Em resumo, podemos concluir que a gestão de estoque é um dos itens fundamentais para o sucesso de empresas. Problemas no estoque podem significar até a falência de um negócio. Para evitar isso, é fundamental conhecer sobre o assunto e investir em tecnologia para melhor gerenciamento de estoque, evitando perdas. 

Por fim também sugerimos que continue se aprofundando no assunto. Leia o artigo: Controle de estoque: 11 principais métodos e ferramentas

Quer facilitar a gestão de sua empresa e aproveitar funcionalidades como emissão de notas fiscais, controle de estoque e financeiro? Veja como grátis!

Ei! Comente.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade